Férias baratas – Idealizar e Poupar

Férias baratas – Idealizar e Poupar

Férias. Viagens. Descanso e divertimento. Em tempo de férias, são muitas as pessoas que desejam viajar. Escolher um destino onde possam descansar de mais um ano de trabalho, ao mesmo tempo, que possam divertir-se e conhecer novas gentes, novos lugares e novas culturas.

Mas será possível fazer férias baratas? De facto, pode sempre poupar nalguns aspectos relacionados com as viagens, como por exemplo, no alojamento, na alimentação e, até mesmo, na aquisição de atracções turísticas.

Neste texto, ficarão algumas dicas sobre como poupar nas suas férias e viagens, enfim, como minimizar as despesas sem sacrificar o bem-estar ou o divertimento. Leia e reflicta sobre elas. Até lá, vá pensando na melhor forma para viajar. Se de avião, de comboio, de autocarro. Pesquise e informe-se sobre as deslocações e os respectivos preços. Vá a uma agência de viagens ou procure informações na Internet sobre os voos mais baratos para o seu destino de eleição, sobre as companhias aéreas de baixo custo, sobre os pacotes de viagens, sobre os transportes alternativos. É isso mesmo, escolha a melhor alternativa para si, pois também depende do tipo de viagem que fizer, isto é, se viaja sozinho, se acompanhado por alguém muito especial, se leva a sua família ou se vai com o seu grupo de amigos. Cada caso é um caso, mas em todo o caso, precisará de comer, de dormir e, por ventura, de comprar lembranças locais para mais tarde recordar do destino das suas férias ou, então, para saciar o pedido dos parentes e dos amigos que ficaram em terra, mas, nem por isso, dispensam um souvenir escolhido por si.Férias baratas – Idealizar e Poupar

Como conseguir umas férias mais baratas?

Para começar, deve optar por viajar fora da época alta que, nos países do Norte, geralmente, vai do final do Verão até ao início da Primavera. É que, dada a menor procura, a oferta de viagens é financeiramente mais simpática.

O foco de uma viagem não é propriamente o alojamento, uma vez que ao querer divertir-se e querer conhecer novos lugares, vai precisar simplesmente de um quarto para dormir. Por isso, opte por um alojamento modesto, como por exemplo, as pensões e as residenciais, em vez dos hotéis de 4 e 5 estrelas, nos quais os custos são sempre bastante elevados. Se for jovem, pode optar pelas respectivas pousadas da juventude, onde, para além de poupar algum dinheiro, ainda pode travar uma série de conhecimentos. Procure fazer a reserva do alojamento com antecedência e não no dia da chegada ao destino. É que assim, não terá de pagar o preço do balcão, que chega muitas vezes a ser o dobro do preço que consegue arranjar na Internet.

No que diz respeito à alimentação, tome um pequeno-almoço reforçado, pois quanto mais comer, menos fome terá e, então, poupará nas refeições. Uma vez que esta refeição servida nos hotéis já está paga e já, não seja tímido e aproveite. Compre lanches como fruta, sandes, barras de cereais, sumos empacotados e garrafas de água nos supermercados locais e tenha estes alimentos sempre à mão. É que desta forma, evita a ida aos snack bars, nos quais as bebidas e os aperitivos são sempre mais dispendiosos. Limite também a ida aos restaurantes mais sofisticados e, como tal, mais caros e opte pelos restaurantes de fast food, os quais existem em toda a parte.

Espere até ao último dia das suas férias para comprar as atracções turísticas. Deste modo, já tem uma ideia dos preços e saberá onde pode comprar mais barato e, por vezes, até com descontos. Para encontrar os produtos locais, vá pelos caminhos menos populares pelos turistas, nos quais os preços não foram inflacionados pelos forasteiros e opte, sobretudo, pelos mercados ao ar livre. Se for preciso, regateie os preços dos produtos com os comerciantes, pois muitas vezes os preços estão pensados para regatear e estão ao dobro pelo que os comerciantes estão dispostos a vender.

Levante dinheiro com o cartão de débito, pois a melhor forma de conseguir a moeda local é numa caixa de multibanco, uma vez que acaba por sair muito mais barata do que nas casas de câmbio.

Já pode começar a poupar nas suas férias

Depois destas dicas, cabe a si informar-se, organizar-se e ser prudente. Escolha já o seu destino para as próximas férias e, de seguida, reserve a sua viagem e vá conhecer aquele sítio que há muito deseja conhecer. Já agora, quando mostrar as fotografias aos seus familiares e amigos e lhes entregar os respectivos souvenirs, conte-lhes, também, como é possível poupar dinheiro em férias e viagens.

Descanse. Divirta-se. Boa viagem. Boas férias.